PENSE NISSO...
Dia da Internet Segura

As empresas especialistas em segurança sugerem uma mudança na postura em relação à navegação na Internet. Cada vez mais, a vida digital e a real estão interligadas. Acesso ao banco via online banking, compras online, troca de fotos, vídeos e outras informações precisam ser realizados de modo seguro ou podem acabar caindo em mãos erradas. O resultado acaba gerando uma grande dor de cabeça aos usuários, como roubo de dados e exposição indevida.

Segundo uma pesquisa realizada pela desenvolvedora ESET, os usuários de Internet não têm muitas informações sobre segurança na rede e se sentem inseguros em diversos aspectos. Por exemplo, 90% dos usuários consideram que terceiros podem acessar suas informações na nuvem. Além disso, 64% dos internautas desconhecem o que é autenticação dupla, 58% guardam suas senhas em dispositivos móveis e 52% acreditam que as informações armazenadas nos servidores das redes sociais não estão completamente seguras.

Para Raphael Labaca Castro, Coordenador de Awareness & Research da ESET América Latina, a melhor forma de minimizar os risco é adotar um comportamento de uso seguro e ter um software de segurança específico e atualizado em todos os equipamentos que acessam a Internet. Ou seja, além do computador, celulares e tablets também devem ter soluções de segurança instalados, como antivírus e anti spyware.

Maneiras para tornar sua navegação mais segura

De acordo com o relatório de crimes digitais da Symantec, empresa desenvolvedora do Norton AntiVirus, só em 2013, 22 milhões de brasileiros foram vítimas de crimes digitais. A maneira como os internautas usam as redes sociais é uma das responsáveis por números tão altos. Afinal, segundo a empresa, 33% dos brasileiros não dão o logout após o uso da rede social e 31% se conectam com pessoas que não conhecem.

Em relação à utilização de dados pessoais na rede, a companhia alerta que o mais seguro é que o usuário tenha uma senha forte para cada serviço na web. E é importante que essa senha seja diferente em cada um deles. O uso de autenticação em dois passo também dificulta a ação de pessoas mal-intencionadas, porque além do código de login, é necessário um outro, enviado via SMS, tornando o acesso mais seguro.

A Symantec também pede para que os internautas fiquem atentos a golpistas que tentam roubar informações através de perfis sociais e do download de apps duvidosos. Portanto, é fundamental duvidar de brindes, como dispositivos ou cartões de presente grátis se preencherem uma pesquisa, instalarem um aplicativo ou compartilharem uma publicação em sua rede social. Deste modo, é aberta uma porta para que tenham acesso às suas informações.

Também é importante ficar atento a apps que prometem aumentar o número de seguidores em redes sociais. Muitos deles exigem pagamento e podem abrir credenciais da sua conta e espalhar ameaças para toda sua lista real de contatos. A desenvolvedora dos produtos Norton também afirma que é preciso estar ligado aos “trending topics”. Muitos golpistas se aproveitam do que está sendo falado no momento para postar links perigosos para os usuários. Por isso, é sempre bom prestar bastante atenção na fonte do link e se vale realmente a pena clicar nele.



Publicidade

  • slide1
  • slide2
  • slide3

Vídeos



  • slide1
  • slide1
  • slide3
  • slide4