Toninho da Luz.
Norma Eliete - Quem é Toninho da Luz?
Toninho da Luz – "Toninho da Luz" é o pseudônimo de Elias Anthonio da Luz, carioca, jornalista e atualmente diretor do Diário do Sudoeste da Bahia em Vitória da Conquista.

NE – Quanto tempo na Imprensa?
TL – Uma grande e vasta trajetória...

NE – Porque Vitória da Conquista?
TL – Acidente de percurso! Eu vim passar uns dias em Ibicaraí na casa da minha irmã caçula, a Rinara. Um amigo da família tinha falecido e o seu velório foi na Segunda Igreja Batista aqui no Terminal Lauro de Freitas. Vim acompanhando minha irmã. Sai para almoçar, parei numa banca e perguntei pelo Jornal local, o banqueiro então me respondeu que não havia mais jornal na cidade. Voltei depois a Vitória da Conquista pesquisei, me interessei, e resolvi encarar o desafio de gerir um jornal na cidade, pela a empresa Sistema de comunicação Diário do Sudoeste Ltda.Com ela editamos o Jornal Diário do Sudoeste da Bahia.

NE – Como você vê a imprensa hoje em nossa cidade?
TL – A Imprensa é o quarto poder em qualquer lugar do mundo.Vitória da Conquista não foge à regra. As pessoas notam isso quando encontram os sites locais, desenvolvidos com alta tecnologia e precisão. As emissoras de rádio e TV acompanham todas as tendências mundiais de comunicação nesse formato. As agências de notícias e de publicidade são exatamente audaciosas e profissionais, típicas de seu ramo de atividade. Enfim, a cidade tem uma imprensa rica. Isso equivale a dizer que a população é culta, muito bem informada e acima de tudo, inteligente para discernir o que presta e consegue escolher com sabedoria aquilo que melhor lhe atende.

NE – Como a notícia chega mais rápido à população?
TL – A população brasileira é uma das mais bem informadas do mundo. As notícias chegam através das emissoras de rádio, TV e Internet que são absolutamente livres e sem nenhum tipo de censura.Elas são transmitidas em tempo real, no mesmo instante que acontecem.Na realidade, as mesmas ondas que levam a informação até os receptores de rádio etc...com a mesma espantosa velocidade já que tudo é em tempo real, se encarregam de dissipá-las no tempo e no espaço. Elas se perdem através do tempo e no espaço. Diferente do Jornal, da revista, que depois de impresso, fica para a posteridade. Faz parte da história e da cultura dos povos.Por isso é que fazer jornal é alguma coisa muito mais séria do que se propõe a maioria publicações, que nasceram do nada e ao nada devem ser reconduzidas.

NE – Qual é o segredo do sucesso do Diário do Sudoeste da Bahia?
TL – Primeiro, agradecer a Deus todos os dias. Segundo, a seriedade a que nos propusemos a esse trabalho. Terceiro , porque temos uma equipe de primeiríssima grandeza, que aceitaram comigo esse monstruoso desafio que é fazer um jornal sério e números de colaboradores de várias cidades do Brasil afora. O jornal não existiria sem o apoio dos nossos anunciantes, empresários etc... A maioria deles estão conosco desde as primeiras edições e colaboram de forma grandiosa para levar adiante nosso projeto.Para realizar um trabalho desta envergadura é necessário calma, paciência, perseverança e sobretudo, tranqüilidade.

NE – Você tem o apoio da sua família?
TL – Sim, nesse aspecto eu credito à minha esposa, Celeste Luz, o mérito de estar ao meu lado, mesmo que distante, já que a família reside em outro estado ( Minas)por questões particulares. É ela quem consegue alinhar os nossos interesses aos de nossos filhos Clarissa, Marcone e Victor.

NE – Na área pessoal o que você tem a dizer?
TL –  Por mais incrível que pareça, uma das coisas mais interessantes que descobri é na área da saúde. Preocupado com ela , tive que criar novos hábitos. Um deles, que eu considero dos mais saudáveis, é a prática regular de exercícios. Eu achava que academia era coisa para gente nova, sarada e de corpo escultural. Ledo engano! Hoje acho que freqüentar academia essencial para todas as idades. Faço os exercícios programados. Estou me sentindo um outro homem. Muito mais disposto, mais feliz e sobretudo de bem com a vida...e com a balança.



Publicidade

  • slide1
  • slide2
  • slide3

Vídeos



  • slide1
  • slide1
  • slide3
  • slide4